Empreendedorismo

Contratos de Horas Em TI

tiflux
12 de julho de 2018

Compartilhe:

Prestar Serviços sem diferenciar os atendimento ( Externo, Interno e Remoto ), mas limitando o tempo disponibilizado para o cliente? Esse tipo de negócio é faturado como Contratos de Horas. Como eles funcionam e por quê existem?

Contratos de Horas - Relógio

O tempo em contratos de horas

É comum que empresas de TI organizem suas horas de trabalho em três tipos: internas, remotas e externas. Elas possuem um preço específico, que pode gerar cobranças avulsas,  consumos de crédito, ou apenas históricos – como nos contratos livres.

Em contratos de horas, no entanto, o tipo de atendimento não influencia em nada o preço. O cliente pode solicitar o que for necessário, e a cobrança são as horas que foram pré-acordadas com a TI e seus excedentes.

 As demais características do contrato de Horas são:

  • Limite de horas e Deslocamentos pré-contratados a serem consumidos durante o ciclo de fechamento;
  • Valor por hora excedente, sem diferenciar os tipos de horas;
  • Preço de deslocamentos adicionais, podendo diferenciar um ou mais deslocamentos;
  • Valor mensal da pré-contratação.

Vantagens

A maior vantagem desse tipo de contrato é que a equipe de TI é retribuída caso seu tempo seja consumido mais do que o acertado anteriormente. Ela se prepara para atender “x horas” ( acordadas com o cliente ), e recebe um valor justo caso essas horas se excedam.

Para o cliente, fica mais fácil administrar seu consumo pensando em horas solicitadas. Quando pensamos em contratos de crédito, colocamos alguns fatores para calcular o valor de cada atendimento, chamado ou apontamento.

Se pensarmos em horas, algumas conversões de valor e cálculos são desnecessários, e analisar os valores de cobrança ao fim de um faturamento fica mais fácil.

Valores e tipos de hora

Os contratos de hora são simples de serem tratados. Mas é importante ressaltar que as equipes financeiras precisam ter em mãos os dados certos para faturar os serviços entregues aos clientes.

  1. Valor Mensal: Preço negociado com o cliente para os serviços pré-contratados;
  2. Ciclos de Faturamento e Fechamento: Faturamento é de quanto em quanto tempo será feito o faturamento para o cliente. Fechamento, por sua vez, é de quanto em quanto tempo será fechado o cálculo dos excedentes. As horas não utilizadas durante um ciclo de fechamento não se acumulam para o próximo;
  3. Quantidade de Horas por Ciclo: Quantidade de horas por ciclo com o cliente. As horas costumam ser então cobradas fracionadas com base nos apontamentos de sua equipe;
  4. Valor Hora Excedente: Informa quanto deverá ser cobrado pelas horas que excederem o acordado dos ciclos.

Contratos de TI

Já temos alguns conteúdos falando sobre os tipos de contratos de TI existentes. Compreender o porquê negociá-los com um cliente, sabendo as vantagens de cada um ajuda as equipes de TI a lucrarem mais.

Cliente e prestador de serviços precisam estar satisfeitos com os resultados de suas negociações. Por isso é bom compreender todas as possibilidades e ofertas que seu time pode fazer. Para toda necessidade de uma empresa, há um contrato adequado. Você pode visitar nossos artigos sobre os demais tipos de contratos para saber mais sobre eles:

Deixe o seu comentário