Segurança da Informação

Entenda o que é Pentest e sua importância

Entenda o que é Pentest e sua importância
janeiro 13, 2020

Muitas empresas priorizam muito o alto nível de segurança da sua rede de comunicação e computadores. E claro, é essencial essa preocupação para manter suas informações sempre seguras de eventuais ataques. Mas como saber se sua rede está realmente protegida? É por isso que o Pentest existe, para ajudar na segurança da informação da sua empresa. 

Você já ouviu falar sobre ele?  Então fique tranquilo que nós vamos te explicar tudo sobre Pentest.

O que é Pentest?

O Pentest significa  penetration test (pentest), traduzido como teste de penetração ou teste de intrusão, que é justamente o método de tentar penetrar em um sistema de segurança para testar qual o seu nível de confiabilidade.

Entenda o que é Pentest e sua importância | TiFlux

Esse teste é uma simulação de invasão do plano de segurança da sua rede. Sim, é feito um teste com invasão para ver se de fato é seguro o seu próprio sistema. 

Afinal de contas, se conseguir passar pelas barreiras de segurança tentando fazer essa invasão, outros intrusos externos podem surgir e gerar grandes problemas. 

Realizar testes de invasão é muito usado para descobrir qual é a vulnerabilidade que seu sistema possui, antes mesmo que os hackers possam descobrir e fazer coisas ruins. 

Simular um ataque em sua rede é uma excelente maneira de certificar se você está realmente preparado para um ataque real. E o Pentest prepara toda sua equipe para saber exatamente o que fazer em caso de ataque. 

Quem busca por esse tipo de serviço?

Empresas que necessitam usar esse tipo de serviço, geralmente são gestores de TI, que possuem falhas de segurança em sua rede e que precisam garantir aos seus clientes de que sua infraestrutura e seus sistemas estão realmente atendendo as obrigações de segurança de maneira correta.  

Órgãos públicos e indústrias também estão em busca por este tipo de serviço, perante o aumento de ataques virtuais direcionados e mal intencionado.

Empresas de e-Commerce, Desenvolvimento de Softwares estão entre os potenciais clientes, também a de Finanças e seus prestadores de serviços, como:

  • Escritórios de Cobrança;
  • Call Centers;
  • Gráficas;
  • Despachantes;
  • Seguradoras;
  • Transportes e Postagens.

Por que fazer um Pentest em sua empresa ?

O Pentest é realizado com o objetivo de localizar falhas e vulnerabilidades dentro da sua rede. Após os testes, é feito um relatório do mesmo. 

Hoje em dia a probabilidade de sofrer ataques virtuais em uma empresa é ainda mais fácil, pois os hackers estão cada vez mais inseridos nesse meio e orientados. 

Por que fazer um Pentest em sua empresa?

Além disso, a questão é que todos os dados estão nos computadores hoje em dia, e não mais em papéis, como alguns anos atrás. E essas perdas podem ser desde a integridade, disponibilidade e confidencialidade dos sistemas e de informações da empresa.

Com o Pentest evita que os dados confidenciais da empresa e dos seus clientes fiquem expostos a qualquer pessoa na internet. Assim protege a credibilidade e reputação da sua empresa. 

Mas, engana-se quem pensa que este tipo de bateria de testes será feito apenas por profissionais da área de segurança. Ele também pode ser realizado por criminosos virtuais que terão acesso aos seus dados caso obtenham sucesso. 

Por isso é tão importante que as empresas sejam prevenidas e contratem um profissional. Isso às garante não descobrir problemas apenas quando algo ruim acontecer.

Algumas consequências de sofrer um Pentest criminoso:

  • Roubo de senhas de internet banking;
  • Uso da rede como “laranja” (meio) para outros crimes virtuais;
  • Instalação de vírus e programas para acesso remoto (backdoors);
  • Roubo e sequestro de senhas de máquinas virtuais e servidores.

Tipos de Pentest

Black-box

Também conhecido como teste de caixa preta ou teste cego. Nele o testador tentará acessar a rede sem nenhum conhecimento prévio sobre ela. Ele não saberá qual é o número de máquinas, a faixa de IP, os sistemas operacionais ou os processos rodando.

Este teste é o mais próximo de um ataque real, pois geralmente os atacantes estão fora da rede e sem conhecimento sobre ela. Aspirantes a hackers geralmente executam scripts automatizados de Black-Box, caçando redes mal configuradas que possam permitir uma invasão.

White-box

O teste de caixa branca é o onde o testador obtém total conhecimento sobre o ambiente. IP’s de firewalls, servidores, código fonte das aplicações e demais itens. Isso porque alguns tipos de ataque ocorrem com funcionários internos por motivos de insatisfação com a empresa ou  vingança.

Simulando essa situação, na White-Box o testador, além de ter mais informação, tem a vantagem de poder se preparar melhor.

Geralmente esses testes são mais demorados e custosos que um black-box, porém o nível de detalhamento dos dados obtidos é maior.

Gray-Box

O teste de caixa cinza consiste em uma bateria de testes na qual o  auditor terá apenas parte das informações da infra-estrutura.

Sistemas Operacionais para Pentest

Alguns Sistemas foram desenvolvidos especialmente com ferramentas para realizar Pentests. Entre eles temos:

Kali linux

O Kali é um sistema operacional baseado em Debian. Ele fornece diversas ferramentas para auditoria e realização de teste de segurança em redes. É o sucessor do Backtrack desenvolvido pela offensive security. Lançado em 13 de março de 2013, o Kali continua ativo até hoje  e é sem dúvidas um dos sistemas mais famosos e utilizados para o Pentest.

Blackarch

O Blackarch é uma extensão do Arch linux  que contém mais ferramentas para testes que o Kali e disponibiliza a instalação delas individualmente ou em grupos. Caso você possua o Arch linux é possível instalar os pacotes do Black por cima sem problemas.

Backbox

O Backbox é uma distribuição derivada do Ubuntu. Como os demais já citados, ele foi desenvolvido para testes de penetração e segurança em redes. Teve seu início em 2010 na Itália mas em pouco tempo se tornou uma comunidade mundial e atualmente é continuado pela comunidade internacional de software livre. 

CONCLUSÃO

Um Pentest consiste em um teste para avaliação, preservação e otimização da rede de uma empresa. Vem cada vez mais sendo aplicado em diversas empresas e inclusive já existem corporações especializadas neste tipo de serviço. 

O ideal é sempre considerar a segurança da sua rede e checar as rotinas de backup, assim como os equipamentos da infraestrutura, afinal, dentro da rede mundial de computadores ninguém está totalmente seguro. Mas, podemos nos precaver contra terceiros com intenções de prejudicar o parque tecnológico da empresa e o teste de penetração é um forte aliado neste quesito.

[e-book] 8 processos para gestão completa de equipes de TI | Baixe aqui | TiFlux