Gestão de TI 5 minutos

Tecnologias emergentes: aplicações e impactos no mercado de TI

TIFlux - Tecnologias emergentes: aplicações e impactos no mercado de TI
Ademir Vicente Machado Junior
4 de abril de 2024

Compartilhe:

O avanço constante das tecnologias emergentes está moldando o mercado de Tecnologia da Informação.

Muitas inovações estão ganhando destaque, como inteligência artificial, blockchain, Internet das Coisas (IoT) e computação em nuvem, remodelando as operações e os modelos de negócios das empresas de TI. 

Diante dessas transformações, entender os impactos e as oportunidades geradas por essas tecnologias emergentes torna-se essencial para organizações e profissionais do setor.

Neste artigo, entenda o conceito de tecnologias emergentes, sua relevância, como funcionam as principais e mais conhecidas e o impacto delas para o mercado de TI. Confira!

>> Guia: Como reduzir custos em TI sem prejudicar os processos da área?

As aplicações de tecnologias emergentes  

Tecnologias emergentes referem-se a inovações recentes que estão ganhando destaque e se tornando viáveis para aplicação prática

São muito relevantes para o setor, uma vez que impulsionam a evolução e a mudança digital das empresas

Uma pesquisa realizada pela Gartner, mostrou que houve um aumento de 8% nos investimentos mundiais em TI. 

Com esse crescimento, ao adotar e integrar as tecnologias emergentes, as corporações podem elevar a agilidade operacional, melhorar a competitividade, alcançar insights através dos dados fornecidos e desenvolver produtos e serviços inovadores.

São diversas as tecnologias emergentes, mas algumas são essenciais para organizações que desejam estar à frente da concorrência, cada vez mais acirrada. A seguir, listamos cada uma delas.

Inteligência Artificial

A IA utiliza algoritmos para analisar informações, identificar padrões e tomar decisões autônomas. Um levantamento da MIT Technology Review Insights, apontou que o uso da Inteligência Artificial de maneira significativa é aderida por apenas 9% dos líderes mundiais. 

Isso mostra como é importante o investimento nessa tecnologia emergente que está transformando o setor de TI, aumentando a eficiência dos processos e melhorando a experiência do usuário. 

Essa tecnologia pode ser usada em sistemas de segurança cibernética para detectar e mitigar ameaças em tempo real. A IA também pode ser aplicada em chatbots. 

Muito utilizados em serviços de atendimento ao cliente, os chatbots servem para responder perguntas, solucionar problemas técnicos e fornecer suporte a qualquer momento, diminuindo a carga de trabalho dos agentes humanos. 

Além disso, eles são empregados em sistemas de gestão de incidentes de TI, onde podem coletar informações iniciais e direcionar para as soluções apropriadas, agilizando a solução das questões. 

Internet das Coisas

A Internet das Coisas (IoT) opera conectando dispositivos físicos à internet, permitindo a troca de dados e a automação de processos

No mercado de Tecnologia da Informação é muito utilizada nos sensores em ambientes de data centers para controlar temperatura, umidade e consumo de energia, otimizando o desempenho e a eficácia energética. 

Além disso, na gestão de ativos de TI, a IoT é empregada para rastrear a localização e o status de equipamentos, facilitando a manutenção e reduzindo o tempo de inatividade. 

>> Assista: Cultura e melhoria contínua com o Service Desk

Big Data 

Essa tecnologia emergente opera através da coleta, armazenamento e análise de grandes volumes de dados estruturados e não estruturados. É comum utilizar técnicas de Big Data para processar informações de redes sociais, registros de transações e dispositivos IoT, permitindo insights valiosos para tomada de decisão.

Organizações de comércio eletrônico, por exemplo, usam análise de Big Data para personalizar recomendações de produtos com base no histórico de compras dos consumidores, melhorando a experiência e impulsionando as vendas. 

Blockchain

O Blockchain é como um grande livro de registros que se espalha por muitos computadores. Cada bloco é protegido porque está criptografado e conectado aos registros anteriores. É muito utilizado em sistemas de segurança cibernética para garantir a integridade dos dados e em plataformas de pagamento, como criptomoedas.

Além disso, é empregado em cadeias de suprimentos para rastrear o movimento de mercadorias e verificar sua autenticidade, aumentando a eficiência e a confiabilidade dos processos. 

Edge Computing 

O Edge Computing funciona descentralizando o processamento de informações, movendo-o para mais perto da fonte de origem, como dispositivos IoT ou servidores locais. Ele é aplicado em cenários onde a latência é crítica, como em veículos autônomos, onde as decisões precisam ser rápidas e locais. 

Em sistemas de monitoramento de saúde, por exemplo, o Edge Computing permite análises em tempo real de dados vitais, minimizando a dependência de conexões de rede instáveis e reduzindo a sobrecarga de servidores centrais.

Automação 

A automação opera por meio da programação de softwares para executar tarefas repetitivas e previsíveis sem intervenção humana

Ela é muito utilizada em processos de gestão de infraestrutura, como provisionamento de servidores em nuvem e implantação de sistemas. 

Além disso, pode ser utilizada para monitorar o desempenho dos dispositivos em tempo real, identificar falhas e aplicar correções automaticamente, reduzindo o tempo de inatividade e melhorando a eficiência operacional.

Os impactos que as tecnologias emergentes no mercado de TI 

Em pesquisa realizada pela IDC, no ano de 2024, a previsão de crescimento de TI na América Latina é de 5%, juntamente com o fortalecimento das inovações.

Com isso, as tecnologias emergentes impactam cada vez mais o mercado de TI, sendo fundamentais e ótimas aliadas das organizações que desejam se destacar em uma concorrência acirrada. 

Uma tendência chave é a ênfase crescente em TI verde, que se refere à prática de utilizar tecnologias e processos que minimizem o impacto ambiental das operações. 

Isso inclui a adoção de medidas como a eficiência energética em data centers, a virtualização de servidores e o uso de fontes de energia renovável para alimentar infraestruturas de TI. 

A integração de práticas de DataOps também promete otimizar o ciclo de vida dos dados, agilizando o desenvolvimento e garantindo a qualidade e segurança das informações. Com essa tendência, as empresas podem melhorar seus processos de desenvolvimento e implementação de soluções de informações.

Outra tendência importante inclui o avanço da computação quântica, que promete revolucionar a capacidade de processamento e resolução de problemas complexos em uma fração do tempo atual.

Os impactos das tecnologias emergentes no mercado de TI estão moldando não apenas o presente, mas também o futuro das operações empresariais. 

Com inovações contínuas, as organizações estão sendo redefinidas, impulsionando uma era de eficiência, personalização e progresso tecnológico.

>> Gostou deste conteúdo e quer conhecer outras tendências e tecnologias que devem impactar o setor de TI nos próximos anos? Veja o que esperar para o setor de TI até 2035

Deixe o seu comentário

Array

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.